Saturday, 15 July 2017

A casa azul


14 comments:

calusarus said...

Magnifique !

João Menéres said...

Eu não te disse que Chefchaouen te ia dar pano para mangas ?
Mas devias ter coberto com as sobras tudo lá por cima...

BjK

Ana Freire said...

Uma foto sublime, deste encantado mundo mágico...
Beijinhos! Bom domingo!
Ana

Rasuras do Aparo said...

... uma autêntica casa encantada ... pelo seu azul ...

Minimal said...

Qué bonita... ese azul es mágico :))

Un abrazo Maestro.

Rute said...

Lina

Ai o azul!... belíssima fotografia. essa salinha parece tirada de um conto de fadas. Adorei :)

1 beijinho :)

Dida said...

Ia dizer, faz-me lembrar Marrocos.
Pois...
Diz ali em baixo, Marrocos :-)
Este azul é maravilhoso. Os pátios um descanso para quem se abriga do sol escaldante.
Olhando para trás, eu gostei de Marrocos, Olhando ainda um pouco mais, voltaria lá. Precisava apenas de menos 20 graus do que quando lá fui e de um outro guia. Um que não parecesse uma cobra cuspideira (cruzes que largueza lhe dávamos)

Clarice said...

Qual Marrocos, qual carapuça! Aposto que Isto é uma casa no fundo do mar que a soudona Lina encontrou num mergulho que deu com óculos, tubo e barbatanas. Já me aconteceu, a pessoa dá um mergulho e vai de encontrar casas azuis e cenas maradas, e depois vem para aqui e coiso, ah foi em Marrocos e tal… Isto deve ser na zona da Trafaria, deve, deve :) ou então na zona de Alpedrinha, ou noutra zona qualquer, mas azul! :)

Sem disparates agora, esta casa é LINDA!!!

Ana Lúcia said...

Convidativa, agradável, convida a tomar um chá de hortelã pimenta. Que lugar!

Remus said...

Será a casa do FCP em Marrocos?
Eu penso que é, mas para disfarçar eles tiraram as riscas brancas.
Ou será uma das casas de férias da L.Reis?
Confesso que agora fiquei na dúvida.
Mas seja como for, seja de um ou seja de outro, acho que sou bem-vindo nas duas situações.
O que é a ementa e que a que horas é o jantar? Eu levo a boa disposição e uma garrafa de tinto ou de vinho verde (tudo dependerá da ementa), porque essas garrafas de água que estão em cima da mesa, não calham muito bem num jantar.
E já agora, alguém quer boleia? A L.Reis paga tudo! É aproveitar.
:-P

L.Reis said...

João: Devia ter coberto com as sobras tudo lá de cima? Não percebi...

Aconselho todos a aproveitarem a boleia do Remus. Lá por volta das 8h espero-vos em Marrocos com umas tagines e coisas do género. Uma garrafa? O Remus traz uma garrafa. Fuinha. Será que ele está a pensar em beber sozinho? :)

L.Reis said...

Esqueci-me de dizer para largarem a Clarice na Trafaria e verifiquem que ela leva as barbatanas.
Clarice: a partir da Trafaria, Marrocos é sempre em frente. Ficamos à espera, com a toalha turca.

João Menéres said...

Pois...mesmo a descoberto, é um interior, claro como a água !

L.Reis said...

Sim, João. É o pátio interior da casa de um amigo, onde fiquei quando estive em Marrocos. É uma casa lindíssima e que originalmente abrigava várias famílias. Agora tem cá em baixo salas, cozinha, casas de banho e na galeria superior são os quartos.