Saturday, 11 March 2017

Axadrezado


8 comments:

Minimal said...

Me gusta mucho el concepto geométrico, una imagen muy gráfica de gran contraste y estupendas texturas :))

Un abrazo.

João Menéres said...

Até pensei que era a cela 44, devido aos largos espaços por onde escapar...
Se blocos de cimento não são, que raio de material é este que descobriste ?
Podiam ser isqueiros Dupont, daqueles muitos que tens tão mal tratados.
Bem, não adianta tentar adivinhar...
És terrível, co'os diachos !

the dear Zé said...

eu aqui a marcar o ponto - com virgulas e tudo - a ver tudo, a actualizar o espanto e a admiração (e um bocadinho de inveja, mas isso não digo) e a pensar o quanto gostava de ver algumas assim bem arrumadinhas numa parede...

por falar nisso, tenho um, aliás dois, sítios onde isso até poderá vir a acontecer, ora espreita:

https://www.facebook.com/groups/376618599054474/

João Menéres said...

THE DEAR ZÉ

Se tivesse colocado o link...

Rasuras do Aparo said...

... será o xadrez da vida ?! ... por vezes o tabuleiro é irregular e rugoso ... torna-se uma prisão da qual nos esgueiramos temporariamente ...

L.Reis said...

Dear Zé:

Vou já espreitar!

Remus said...

Olha que coisa!
Com esta fotografia está provado e mais que visto, que a L.Reis andou a beber uns copos valentes e o enquadramento saiu assim, inclinado. Mas o pior, e que deixa-me aqui a remoer palavras censuráveis, é que mesmo com os tais copos valentes dentro do corpo, a coisa (a fotografia) saiu bem feita, o que também prova que a capacidade da L.Reis tirar boas fotografias, não está na sua normalidade nem na sua anormalidade funcional, mas é algo que é totalmente instintivo. Esteja como ela estiver e aponte a câmara para onde apontar, o resultado será sempre bom.

Ana Freire said...

Um efeito gráfico, muito bem apanhado!
E uma vez mais, uma escolha brilhante, a do P/B...
Gostei imenso! Bjs
Ana