Saturday, 25 March 2017

Desiguais

Há janelas mais janelas que outras janelas. Uma janela a sério não quer saber de cansadas geometrias, antes se regala no perfeito desalinho que cada dia lhe traz.

6 comments:

João Menéres said...

Através de uma janela certinha se vê o desalinho em que o mundo está mergulhado.
Mas se tudo fosse geométrico, nem saberíamos para onde olhar.
E um dia, quem sabe, por uma outra janela não se abrirá um mundo novo...

Ana Simões said...

Num único olhar , numa pequena janela um mundo reflectido... adorei !! Beijinho L.Reis e bom fim de semana para ti.

Rasuras do Aparo said...

... e há janelas ... que se tornam reflexo ... e iluminam geometrias em total desalinho .. já antigo ...

Minimal said...

Estupenda geometría de reflejos :))

Un abrazo.

Ana Freire said...

Um desalinho perfeito, em termos fotográficos... produzindo mais um efeito gráfico notável!
Para ficar a distender o maxilar de admiração!... :-P
Adorei a foto!
Bjs
Ana

Remus said...

Confesse lá! Estava à espera de apanhar o homem sem camisa e se calhar até, com as calças pelos tornozelos. Certo?
Não me venha dizer que "o que fez-me tirar esta fotografia foram os reflexos nos vidros das janelas, porque estavam mesmo a pedi-las e o grafismo criado pelas molduras das janelas", porque ninguém acredita nisso. É que se assim fosse, não se teria colocado a jeito para também apanhar a janela aberta e as pessoas que estão lá dentro.
Está provado de uma vez por todas que a LReis é uma voyeur, e nem ouse contradizer-me!
:-P