Monday, 6 March 2017

À descoberta da escrita - conclusão:

... sobra sempre a cor de um gesto quando as palavras se perdem para lá do tempo.

5 comments:

João Menéres said...

Muita paciência e gosto para se fazer isto, Lina !
A inclusão da página escrita sem foco dá toda a razão às tuas " palavras se perdem para lá do tempo " !
Como eu gostava de estar presente num destes teus momentos criativos...
Admito que tenhas feito a imagem ao alto e rodar depois...

Um beijo colorido.

Rasuras do Aparo said...

... haverá sempre gestos circulares em azul na tentativa de uma intersecção com o rosa na ânsia de que uma maior luminosidade favorecida pelo amarelo lhe faça recordar as palavras que pareciam sumidas no tempo acarinhado por um verde esperançoso ...

Minimal said...

Muy creativa esta serie de palabras :))

Un abrazo.

Ana Freire said...

Conclusão: Brilhante como sempre!
A imagem e o pensamento...
De uma criatividade e imaginação sem limites...
Beijinho
Ana

Remus said...

Conclusão?
Mas quer enganar quem?
Daqui a um mês, já vai voltar novamente à carga com as fotografias de papel. Até já ouvi dizer, que deitaram a baixo um pinhal qualquer lá para os lados de Leiria, só para terem material suficiente para fazer o papel que a L.Reis vai usar na próxima sessão fotográfica. E graças a isso, milhares de passarinhos e de passarinhas ficaram sem sitio para fazerem os ninhos. Perante isto, não me admira nada que a Quercus comece a fazer um abaixo-assinado contra as fotografias da L.Reis, ou até pior, comece a fazer posts no Facebook contra a L.Reis. Quando chegar essa altura, quero ver como a L.Reis vai sobreviver, é que nem enrolada em ouro vai escapar.
:-D

Devido a todas estas questões ambientais, recuso-me a falar bem desta fotografia. Mas é só por isso... A ideia dos passarinhos e passarinhas a viver na rua e desamparados, é algo que aflige-me a alma e deixa-me sem palavras.