Monday, 12 June 2017

Sombra passageira


7 comments:

ñOCO Le bOLO said...

·.
Buen trabajo. Aprovechas la secuencia de elementos repetidos para romperlos con esa sombra pasaje, que se va, envuelta en una 'aureola' mágica.
Juegas siempre bien con los elementos.

un abrazo

· LMA · & · CR ·

Luis said...

Buena composición y distribución de los elementos. Un abrazo

Rasuras do Aparo said...

... marcos de passagem ... referências de caminhos antigos ... nem sempre as sombras são passageiras .. nem sempre ...

Manu said...

Passou a sombra apressada, talvez porque se sentiu perseguida por um aparelho que desconhecia.
Ficou um registo e marcas no caminho que não deixam dúvidas sobre a beleza do que está e do que parece fugir.

Remus said...

Algo leva-me a crer que a figura que aparece na fotografia é a Clarice. Creio que ela foi apanhada pela objectiva da L.Reis, assim disfarçada e com a mochila bem cheia, no retorno de uma das suas visitas do alheio.

Mas também posso estar enganado e esta criatura ser somente um teletubby que vai para casa depois de um dia de trabalho.
:-D

Kaipiroska said...

Que bom momento! Que bem apanhado este instante!

Ana Freire said...

Hum!... Nos dias que correm... devo dizer que quem anda encapuçado e com uma mochila às costas... até nos dá calafrios... isto se a imagem, fosse aqui nas Europas...
Eu talvez tivesse feito um ligeirinho corte à esquerda, para eliminar aquela pequena mancha, em cima, no pavimento...
De resto... tudo perfeito!
Beijinhos
Ana