Thursday, 18 February 2010

Rendilhado de luz

...é à noite que se tecem os encantos.

11 comments:

João Menéres said...

Imagem extremamente curiosa !
Os meus encantos apenas estão dependentes da hora a que a tecedeira surge.

tossan said...

Extraordinário esse teu abstrato! Sem igual! Abraço

Anonymous said...

E foi à noite ... e pela noite adentro ... que fui ficando encantado ... ainda hoje ... permaneço encantado .. pela(s) noite(s)...
T

Sérgio Aires said...

Muito boa MESMO!!!

legivel said...

... cinzento escuro como os dias que vão correndo. É fantástico como os dias correm: velozmente, a caminho de outros dias mais compatíveis (mais temperados) com a idiossincrasia portuga. Temperança e bem-aventurança é tudo que é necessário para ser feliz. Assim, como é que passamos da cepa torta cinzentona?

Saudações friorentas.

ruimnm said...

Really excellent!

Teresa Durães said...

linda!

jugioli said...

uma beleza!!!
como uma escrita...

bjs

Clarice said...

Belo poema!

Remus said...

Boa experiência fotográfica.

Noslen ed azuos said...

...sabe que é muito bom ficar um tempao sem vir aqui para vir aqui e ficar mavilhado.

bjs
ns