Wednesday, 24 February 2010

Contra-corrente

...cruzo tantos caminhos
e nenhum encerra a surpresa da viagem.

12 comments:

João Menéres said...

É porque tens as cancelas fechadas, e ficas parada...
ANTES DE ATRAVESSAR A LINHA, PÁRE, ESCUTE, OLHE!

Linda a luz e a textura das traves !
(Também é no Sado?)

Um beijo do sempre perguntador.

Anonymous said...

Mas também há casos em que o combóio passou faz anos...

GP

João Menéres said...

Por pouco que não era o primeirinho...

LOL

Calusarus said...

Nice wood details

Anonymous said...

porque será ...?!
nem sempre os caminhos que nos surgem são aqueles que ...nos causam surpresa ... há caminhos que por vezes de tão lembrados parecem não ter novidade nenhuma ... únicamente... para quem não os sabe ... ou teima em não saber ...calcorrear...
T

Hellag said...

está fabuloso este grafismo, uma definição exemplar! mesmo passando pelos mesmos caminhos, a viagem será sempre uma surpresa pois olhamos sempre de forma diferente...

ruimnm said...

Nunca me canso das viagens que faço por aqui...

Harry said...

Great texture and tone. The "X" formed by the pieces draws interest.

Margarida said...

Os da "contra-corrente" são essenciais para manter a união do todo!!

Um espectáculo de imagem!!

Bjs :-)

tossan said...

Magnífica minúcia! Textura incrível! Abraço

Remus said...

E o que seria de nós, se não houvesse gente a pensar o contrário de nós. O mundo seria uma ditadura ou então uma pasmaceira total.
;-)

laous said...

sempre o Tempo

marca do teu olhar.