Wednesday, 14 March 2018

Depois da chuva...

Depois da chuva a cidade é um estilhaço de cor que acorda em cada espelho d'água.

9 comments:

João Menéres said...

Por isso eu ia ficando todo estilhaçado esta manhã...
E do chão vinham também encharcadiças de automobilistas que se esquecem que também são peões !
Fica a ideia para tu captares...



BjKa.

Minimal said...

Me parece una abstracción genial, muy interesante visualmente, bien vista y presentada :))

Un abrazo.

Mar Arável said...

Belo equilíbrio na assimetria

Clarice said...

Este "acordar" assim é mesmo teu!

um beijinho, Lina :)

Remus said...

Nesta fotografia eu vejo gaivotas a voar, numa cortina de nevoeiro quase cerrado.
E escusam dizer que estou a ver mal, porque não estou. O meu oftalmologista diz-me que eu vejo bem. Às vezes até vejo mais do que devia, já por vezes, nos testes de visão, invento letras que não existe no placard.
Mas adiante!
Perante este grafismo de encher o olho, eu faço a vénia diante da doutora. E para mais, desta vez ela nem teve que destruir nada para fazer uma bela fotografia.
;-)

Ana Lúcia said...

Fiquei rendida. Uma extraordinária fotografia de um dia de chuva captado por uma fotografa muito criatividade.

Ana Freire said...

Só digo, que está por aqui, um belo estilhaço... em imagem e palavras... e de forma alguma, em sentido depreciativo... bem pelo contrário...
Belíssimo, e admirável efeito! E ultra bem registado!...
Beijinho
Ana

Rasuras do Aparo said...

... parou a chuva e de passo tímido vou espreitando entre reflexos na perspectiva do encontro com a cor ... a tal ... que me estilhaça e me anima ...

DiDa said...

É?
Na próxima chuvada, fico por casa. É que já não me apanham na cidade.
Nem é pelos estilhaços. Poças de água = espelhos.

Adoro as cores lavadas pela chuva.