Tuesday, 16 January 2018

Pausa refrescante


12 comments:

João Menéres said...

Agora também recortas a neve ?


BjKa.

Minimal said...

Jeje, a ver quien se sienta ahí!!!

Buen hallazgo y mejor fotografiado :))

Un abrazo.

joaquín said...

Mucho más que refrescante

Rasuras do Aparo said...

... ora vamos lá parar descansar e degelar tudo o que nos vai na alma ...

Camerando Blog said...

Como diria Julio Cesar... ATÉ TU BRUTUS...!?!?!?

Remus said...

Ela vai para a Suíça e retrata bancos de jardim.
Ela vai para a Espanha e retrata bancos de jardim.
Ela vai para Veneza e retrata bancos de jardim.
Ela para para a Escócia e retrata bancos de jardim.
...
Mas o que ela tem contra os bancos de jardim portugueses?
Será que são sujos? Será que por vezes estão todos velhos e grafitados?
Vou lançar uma petição para "Queremos ver retratados, bancos de jardins portugueses no blogue Digital Pixel". Tenho a certeza que vou ter mais do que duas assinaturas...
:-)

Mas está certo... este banco invernal estava mesmo a pedir uma fotografia. Ainda por cima, com toda esta envolvência refrescante.
Fotografias deste tipo, assim com esta brancura, seria muito difícil de fazer em Portugal.
Amei esta pausa refrescante.

João Menéres said...

REMUS

Mas este banco não é para nos sentarmos.
Pelo menos com aquela alva almofada !

Remus said...

João: E porque não?
Se existir um problema de hemorróidas, aquela alva almofada até servirá para refrescar e acalmar.
:-D:-D:-D:-D

Roadrunner said...

Muito boa, a almofadinha do banco...

Saudações!

Ana Freire said...

Tão refrescante... que até se me arrepiaram os ossinhos... com este frio...
Decididamente, um banquinho... onde apetece apreciar a fresca... :-D da congelação!... :-))
Um belo achado, impecavelmente retratado!
Bjs
Ana

DiDa said...

"Ela vai para a Suíça e retrata bancos de jardim.
Ela vai para a Espanha e retrata bancos de jardim.
Ela vai para Veneza e retrata bancos de jardim.
Ela para para a Escócia e retrata bancos de jardim."
depois DESTAS DECLARAÇÕES
A enteada, só posso ser eu :-) :-) ;-)

Manu said...

Gosto de bancos de jardim, com ou sem neve e se me apetecer tiro o branco e sento-me, posso?
Nada me impede de gostar de bancos sejam eles de que país forem e este é um deles :)