Saturday, 10 November 2012

Poiso

Talvez numa noite
Talvez numa outra noite 
o tempo se acerte
E a demora
 dobre uma esquina vazia
Talvez nessa noite, nessa outra noite
eu pressinta o poisar de mim num qualquer nítido instante. 

9 comments:

Rute said...

...fiquei a contemplar...a maravilhar-me! uma verdadeira pérola, uma preciosidade, uma raridade...consegues sempre surpreender-me com o teu olhar e com as tuas palavras!

1 beijinho, Lina:)

João Menéres said...

Como é que adivinhastequede madrugada vou a rolar e só em Compostela vou POISAR ?

Mas que pressinto ALGO, lá disso podes ter a certeza !

Um beijo de mim para ti.

JOTA ENE ✔ said...

oh pah... macro fantástica.

Fábio Martins said...

Não sei como conseguem estes registos mas fico fascinado. Parabéns :)

Kaipiroska said...

Perfeição!

Muito obrigada pelo comentário deixado no cool shots :)

Anonymous said...

... não sei será uma noite de lua cheia ... não sei se será uma noite escura como breu ... mas independente da luminosidade existente ... será de certeza um fragoso poisar ... que provocará uma nitidez luminosa ... será de noite ...será !!!...
T

the dear Zé said...

é como eu, poisado à espera da devolução do meu corpo... até ficar assim tão sólido como essa esfera armilar...

bêjo e isso

tossan® said...

Talvez a utopia da metamorfose ambulante nos explique?! Belo texto e a foto sensacional! Abraço

Remus said...

Imaginar-me de braços cruzados e com uma cara de quem acabou de levar uma grande reprimenda.
Olhe!!!
Assim não brinco mais!
Não gosto destas suas brincadeiras.
Tem algum jeito andar a brincar ao equilibrismo líquido ou até sólido (olho e nem sei a quantas ando)?
Como é que alguém, que se diz ser normal, consegue fotografar uma gota desta maneira?
Eu até aposto que esta fotografia foi conseguida após o consumo de alguma substância ilícita. Exijo exames laboratoriais!