Saturday, 3 November 2012

Escrita em branco X Ponto final

...inquietam-se as sombras sob o arrepio do silêncio. Hei-de reinventar outra cor...com o que sobra de mim.

6 comments:

João Menéres said...

O texto é profundo. tal como o rasgão que em ti deixou
o arrepio do silêncio.

Um beijo antes que a chuva chegue.

Jorge Muñoz said...

all of this is so neet.Greetings from afar,
Jorge

Fabricio K. Ramos said...

Fico impressionado com sua criatividade para fotografar o papel. Tuas fotos são excelentes.
Bjos.

José Manuel Vilhena said...

Toda esta série bem como as já antigas com papel são excelentes.
É um enorme prazer vê-las demoradamente.
:)

Anonymous said...

... silêncio ah! nesse rasgo ouvem-se tempos a tempos toques de campainhas ora de portas ora de telefones ..mas esse silêncio que teima ... em ser silêncio e que obriga a reiventar "outra cor" com restos das cores madrastas ...
T

Remus said...

Ponto final!
Vá lá que as minhas preces foram ouvidas.
Mas já agora, isto que fez à folha de papel, é o que por vezes me apetecia fazer a si.
Ultimamente ando com umas ideias violentas. Porque é que será?
:-P

Da fotografia, nem vale a pena falar, porque só me iria repetir...