Tuesday, 8 March 2011

Semibreve



Traço pentagramas no dia e, enquanto a chuva (des)compõe silêncios,
 eu fico assim... semibreve, a dançar a tarde com pés de lã.

11 comments:

João Menéres said...

Que mais aprecio ?
A imagem ?
As palavras ?

Nunca irei decidir-me !

O melhor é ouvir em silêncio total essa melodia de cuja letra também és a autora e DANÇAR, DANÇAR, DANÇAR...

Um beijo sussurrado.

Leovi said...

Me encanta, original música. Saludos.

Margarida said...

Estes sons de gotas que são pérolas, têm outra música - mansinha, suave doce e transparente.

Bjs grds

Helder Ferreira said...

Como alguém disse: pérolas. Muito bem concebido!
E eu que já me tinha esquecido das colcheias e das semibreves. :)
Muito bem!

ruimnm said...

originalidade da mente, depois a excelente concretização da lente!

Clarice said...

Humm...que delícia! É esta tua coreografia que "traças" com o olhar, que faz do azul o teu ser... mesmo quando não se vê... o "azul" está lá, em ti... é a tua cor, não é? ou é mais que uma cor... (não respondas, please...quebra o encanto e a mim saber, não acrescenta coisa nenhuma...:))

imagens com música e dança...isto está a ficar um luxo!:)

Remus said...

Ao ver esta fotografia, dei por mim a bater com o pé esquerdo no chão, a grande velocidade. Parecia que ele estava a fazer um sapateado ao estilo de Fred Astaire.
O meu sistema nervoso não anda bem. Mas o mais estranho, é que só dou por isso quando aqui venho...

FAIRES said...

Gostava de ter conhecimentos musicais suficientes para musicar estas notas, que acompanhariam as palavras...
Excelente ou não, porque já estou habituado... Surpresa , sempre....

Anonymous said...

essa estranha mania ... de os pés com lã ... traiçoeira por vezes quando a tarde se faz ... noite alta ... mas tudo se torna desculpável ... perante o sorriso ... evidente de cada pentagrama ...
T

Miss Lollipop said...

Que original,me encanta!(:

Alberto Oliveira said...


... ainda com o sabor das fatias douradas e das filhoses na boca, dou uma volta pelo teu blogue e por postagens que não tive tempo de degustar em tempo oportuno. Esta é para mim uma das fotos minhas favoritas. Porque nela se revela a criatividade que emprestas às fotografias que fazes e que vão (na grande maioria dos casos) muito para além da foto "excelente" ou "agradável à vista". É um prazer ter-te conhecido por estas paragens e pela "música" que vais oferecendo ao pessoal.
Um óptimo ano de 2013.
Beijos.