Thursday, 17 February 2011

Lá longe, do lado de cá [The passage]

Cada vez me pareço mais longe, sem passos para alcançar impossíveis.
Talvez amanhã prenda o dia a um papagaio de papel.

11 comments:

Clarice said...

:)fico sem palavras!
Subscrevo a mensagem e atravesso com o olhar esta página de túnel para sorrir..."talvez amanhã prenda o dia a um papagaio de papel."... os "passos para alcançar impossíveis" prendem-me os pés ao chão mas o olhar, esse... voa...

*quero esta:) beijinho Lina!

Anonymous said...

curioooso,
você sempre acerta!

Esta sua fase é gira e cheia de planos e palavras boas ( muitos mais as deveriam/poderiam conhecer ... se ...)

Inté

Helder Ferreira said...

:-) A caminhada é longa, mas vale a pena ;)

Rute said...

...pois a mim paraeces-me cada vez mais perto ;)

Esta série é extraordinádia, não só pelas imagens, mas também pelos teus dizeres que as acompanham

1 beijinho :)

João Menéres said...

Será que vê uma luz ao fundo do túnel ?

Agora postas a desoras?

Um beijo em tua ho(n)ra.

Anonymous said...

...não sei para que lado levará o vento ... esse papagaio de papel ... tambem me parece mais uma fuga ... do que um encontro ... mas cuidado com os acasos do "destino" ... tornam passos impossiveis ... em realidades ... perante um entardecer suave ...
T

Remus said...

Uma onda, daquelas em tudo, das que são boas para o surf.
Foi este o primeiro pensamento que tive mal vi a fotografia.
:-)

Mais uma fotografia aprovadíssima!

intimidades said...

temos de nos permitir surpresas

Bjinhos
Paula

alterdom said...

Eu amo a poesia filosófica desta foto
Bravo!

ci said...

gosto muito desta série.

llq said...

Possibly the most amazing blog that I read all year halter neck wedding dresses!?!