Monday, 14 September 2009

As cores da maré [The colours of the tide]



há-as coloridas...como um arco-íris despenteado, rindo na luz molhada do sol

16 comments:

João Menéres said...

L.REIS

Embora, talvez, mais abstracta, as cores são as tuas (e, neste caso, as minhas preferidas também).
Mas, como dizes que estão >despenteadas<, então,
esta tua imagem ilustra bem a legenda. És cá uma poetisa...

Um beijo.

Ana Lúcia said...

Fico indecisa entre esta e a anterior, estão as duas deslumbrantes.

Ricardo said...

Preciosa composición. Una imagen para mirarla un buen rato y deleitarse con ella. El colorido es realmente espectacular. Enhorabuena.

Anonymous said...

Rir ... sorrir ... imagem de marca desse azul que apesar de todos os cambiantes é sempre azul e ainda se inflama de uns vermelhos pulsantes ( as ditas rosas ) quando está de maré ...
T

Andrea said...

Again a crystal clear image.
Pure light...

ma grande folle de soeur said...

estas cores de marés
ou marés de cores
diluem-se na retina
à perfeição

ruimnm said...

Mais um fantástico reflexo de prata e cor.

Michael Rawluk said...

All of your water shots are beautiful and intriguing.

Clarice said...

Gosto das cores que me lembram as marés negras... "como despojos de corpos anoitecidos..."

Noslen ed azuos said...

Sabe aquela sensação que temos: uma lembrança antiga e ingênua e de uma sabedoria intuitiva, é suas imagens trazem de volta.

bjs
ns

vz-nostalgia said...

I have a feeling you spent your vacation on the water, Ms. Lina. :-)

nilda said...

Amei o arco iris despenteado, e as fotos seguintes são o Ó.
Beijoca.
Nilda.
http://meucantin5.blogspot.com/

Selena Sartorelo said...

Maravilhosa série de cores d'água que apresenta aqui. Onde cada uma dessas nos remete há um tempo diferente.
Parabéns mais uma vez.

beijos

Caçador said...

Agora é prata polida, belíssima série (mas, e as palavras que levais no regaço? São rosas senhor, são rosas).

Bêjo

Still said...

Grat game of reflection. The water is always a great theater.

Remus said...

Palavras para quê?
É uma fotografia que respira e transpira a L.Reis.