Monday, 13 June 2022

Um nó de palavras


 ...às vezes é preciso tempo e arte... para desatar o nó do que não sabemos dizer.

6 comments:

João Menéres said...

O que dizer sei eu !
Mas, como dizes e bem, é preciso tempo e esse elemento faltou-me nestes últimos dias.

😍

Rasuras do Aparo said...

... por vezes é mesmo um problema verbal ... porque as letras que conduzem às palavras estão por lá enroladas nas suas sensações esperando que de uma forma táctil e terna as libertem de vez ...

joaquín said...

A veces se nos atascan y no salen bien

Manu said...

Gosto deste nó de palavras, afinal de vez em quando é bom não saber o que dizer, o importante é fazer e isso tu sabes:)

Remus said...

A L.Reis tem um gosto muito especial por deixar o nosso ego completamente feito num nó cego.
E eu por vezes, gostava de fazer também um nó no pescoço da L.Reis.

Eu não sei o que a L.Reis quer da vida. Como quer ser recordada e ficar nos livros de história. Mas claramente nunca irá ser pelos bons motivos. Perante todas provas que já existem, acho que é impossível de isso acontecer.
Existe uma linha que separa as boas pessoas das más pessoas e a L.Reis está de pernas abertas com um pé em cada um dos lados.
:-)

Ana Lúcia said...

Às vezes... não temos de saber tudo. Muito está no segredo dos deuses e é melhor que fique... estilo caixa de pandora.

Gosto muito deste nó que vai apertando. Prefiro-o. É original.