Wednesday, 11 April 2018

Janela com vista seletiva

... porque às vezes basta um quadrado de mundo. 

8 comments:

Minimal said...

Qué buena!!! :)))

Y con un blanco y negro estupendo.

Un abrazo.

João Menéres said...

Através desse indiscreto vidro já nos podemos saudar...
E isso, já é bom !
É como dizes :
" basta um quadrado de mundo.


BjKa.

Rasuras do Aparo said...

... entre o fosco ... entre o martelado ... e o transparente quadrado de frágil vidro ... te procuro ... meia janela sim ... meia janela não ...

Manu said...

Olá, Olá...vês-me a acenar?
Estou na outra janela em frente!
Um quadrado de mundo que dá para inventar o que queremos ver :)

the dear Zé said...

janela fina, só mostra o que ela quer

Remus said...

... porque às vezes basta um quadrado de mundo.
... Pois... E não quer falar das bestas quadradas? Ou de outra coisa qualquer, sei lá... qualquer coisa que a distrai-a e que a faça perder estas oportunidades e visão fotográfica.

Existem coisas que custa-me muito aceitar. E esta é uma dessas coisas. Entrar num edifício e para onde quer que se vire, encontra a oportunidade para uma fotografia. É o chamado, cada tiro, cada melro. É que se ainda de vez em quando acertasse ao lado... mas não! É sempre um tiro certo, direito ao coração... ao meu coração.
Sniff... Sniff...

Roadrunner said...

Janela indiscreta...

Ana Freire said...

Titulo, imagem e palavras, num todo absolutamente perfeito!
Impecável!!! Adorei! Beijinhos
Ana