Wednesday, 2 April 2014

Prisão com design


10 comments:

João Menéres said...

Deve ser uma FELICIDADE estar nessa "prisão" !

Um beijo de um candidato a prisioneiro.

Remus said...

Será que as minhas preces foram finalmente ouvidas?
Será que finalmente a senhora Doutora foi apanhada pela polícia das actividades económicas e artísticas?
Será que vão acabar, pelo menos durante uns tempos, as fotografias com papeis, tiras, recortes e coisas do género?
Será que finalmente vou ter alguma paz e sossego?
Será? Será?

Se assim for, ao ver esta fotografia, até fico com um sentimento alegre e de forte contentamento.
Mas se não for esse o caso, é como sentisse cada uma destas "hastes" a entrar pelo meu corpo...
Para não dizer que o grafismo está no mínimo de tirar o fôlego.

Anonymous said...

... será que a prisão lá por ter design associado é menos prisão ... ou será que a própria prisão se torna prisioneira desse mesmo design ... ou ainda será o design prisioneiro da dita ... olho para o elemento de desgin como algo medieval ferramenta de de tortura associado ao estado de cárcere ... de facto nunca foi pelo design que me aprisionei ... mas sim ...
T

Ana Freire said...

Uma coisa é certa... este blog tem sempre fotos fixes... a torto e direito. E mais nada!!!!
Bj
Ana

Cristina Ferreira said...

Muito original, gosto do grafismo.

Jéfferson B. Cezimbra said...

Um grafismo muito bem observado e igualmente muito bem concretizado.
Abraço

Questiuncas said...

Permita-me que faça um copy/paste de uma letra dos tempos antigos/bons dos Xutos: Prisão em si

E numa prisão em si
Não saindo do que é seu
Foi esquecido
Adormeceu

À procura do amanhã
Andam homens inseguros
Erguem escadas
Partem muros

A nós os montes imundos
Dêem-nos os vales profundos
Sítios onde vê
Impossível ir
Ergam escadas
Partam Muros

cecíliademeloalvim said...

O grafismo está excelente!

Kaipiroska said...

excelente grafismo.

Clarice said...

Sinto-me mais livre com este grafismo !