Tuesday, 14 January 2014

Bago de chuva sem grainha


10 comments:

João Menéres said...

Estou a matutar no que dizer...

Lacorrilha said...

Maravilhosa.

João Menéres said...

Matuto...

Jéfferson B. Cezimbra said...

Uma bela imagem realmente.
Abraço

Photo Attraction said...

Uma fotografia lindíssima com um título muito bem escolhido.
Só uma pergunta: foi fotografada em jpeg ?

Cristina Ferreira said...

Gosto da idéia e das cores, mas acho que faltou um pouco de nitidez.

the dear Zé said...

no grainha, no bagaço (isto com sotaque cámone)

kiss

Remus said...

Olhe!
Para se ocupar nestes dias de chuva, não tem meias para remendar ou cuecas para coser? Não?
Tem mesmo que passar os dias, de máquina em punho, a retratar gotas de água?
E depois ainda tem o desplante de vir falar em bagos sem grainha... só para me fazer lembrar de vinho. Mais uma vez, tenho que passar pela tasca do senhor Alberto. Só ele é que me compreende!

Porque é que as gotas daqui de cima, não são assim tão coloridas?
Só pode ser culpa do governo, já que eles sugam tudo... sugam tudo...

João Menéres said...

A gota está bem nítida, CRIS.

Mas continuo a matutar, L. REIS !

Pronto, deixo-te um beijo bem focado e muito colorido !!!

Anonymous said...

... sem graìnha mas colorido ... focando-nos nas cores que ...apesar de difusas no plano ... tornam-se nítidas ... sem graínha ...
T