Thursday, 5 December 2013

Só me falta a lareira...


8 comments:

João Menéres said...

HÁ BOM CAVACO, MAS SÓ AÍ...
O PIOR É FALTAR A LAREIRA...

UM BEIJO ( JÁ QUE NÃO TENS LAREIRA... )

Questiuncas said...

E que me garante que é a proprietária desta lenha?
Quem é que me garante que não passa de uma tentativa para explorar o nosso espírito natalício e oferecermos uma lareira?
E quem é que me garante que depois vem dizer que afinal não tem lenha e não passa de uma tentativa para explorar o nosso espírito natalício e oferecermos uma tonelada de lenha?

orvokki said...

Ready for cold winter !
Nice job.

cecíliademeloalvim said...

Até dá pena estragar o retrato :)

Anonymous said...

... estive tentado ... pauzinho dali ... pauzinho dacolá ... que bem que ficavam junto a ela ... ou incandescentes ... sim porque eles mal vissem a minha lareira ... era amor em menos de um fósforo ... incendiavam-se de paixão ...

Remus said...

Lareira eu tenho.
Mas lenha assim, tão bem cortadinha e arranjadinha, eu não tenho.

Até poderíamos tentar chegar a um acordo de partilha. A Lina partilhava a lenha e eu partilhava a lareira. Mas não me posso esquecer que estamos em plena Guerra das Cerdas, pelo que qualquer acordo, antes dos meus ataques que ainda estão para vir, é totalmente inviável.

Fique lá com a lenha que eu fico com a minha lareira, mesmo que ela fique apagada.

:-P

HB said...

A madeira é dos poucos materiais que se mantem "vivo" mesmo de depois de mutilado. Por isso sempre gostei desse material. Mesmo depois de feito em cinza ainda serve para muita coisa (especialmente no campo). Neste caso estamos perante a observação do efeito que a Lina conseguiu e que relava em especial os espaços vazios entre a madeira. E não a madeira propriamente.
Como sempre, uma obra que capta o que nos escapa dos olhos de humanos.
Beijinho
HB

:.tossan© said...

Adorei esta foto.
Abraço