Wednesday, 20 November 2013

A Guerra das Cerdas III - A alfinetada final

…e pronto…agora vou-me entricheirar antes que comecem a chover as escovinhas de unhas e os limpa-garrafas.

10 comments:

João Menéres said...

MAS QUE ESTOCADA, LINA !

Quem irá dizer que é pena estar desfocada ?????????

BRILHANTE TRABALHO, rapariga !

Não foi sem razão que há cinco longos anos te convidei para madrinha do GRIFO PLANANTE !!!...

És uma musa fora de série !

Um beijo cheio de orgulho.

Questiuncas said...

E no final ele emergiu, imponente e majestoso.
Olhou em seu redor, mas viu que era o único, o último resistente. Debaixo dele jaziam amarelos, verdes, vermelhos e azuis.
E agora, qual o futuro?
Não sei depende do Ponto de Vista de cada um...

ñOCO Le bOLO said...


Me sorprende la facilidad con la que utilizas la luz y el color. Siempre brillante.

· saludos

· CR · & · LMA ·


ñOCO Le bOLO said...
This comment has been removed by the author.
jose jaime said...

Linda imagem. Criatividade a toda prova.
Abraços

Anonymous said...

... afirmo desde já que é um dinheirinho bem gasto ... pelo que nos alimenta a fantasia ...sacode a alma e nos interroga o futuro ... tenho dúvidas em relação à estocada se será a derradeira ... pelo que lhe conheço ... surgirão sempre bons motivos ...
T

Carla Brito said...

Adoro!
Muito boa!

Remus said...

Já acabou?
Só são 3 ataques?
Fraquinho... Fraquinho...
Eles nem fizeram mossa. Já que eu criei um escudo imersivo à minha volta. Para quem não sabe o que isso é: Peguei num escudo Paratrinic e adaptei-o numa configuração de escudo deflector ultra-metafásico, adaptável e regenerativo, composto por densas camadas de distorções espaciais energéticas, especialmente concebidas para um ambiente fluido, tal como ar ou água.
Confesso que num ambiente carregado de vinho, ainda não consegui colocar a gerigonça a trabalhar. Mas tenho fé, que após a quarta garrafa de vinho, já me sinta totalmente protegido.
Por isso, já nada me afecta. Estou bem defendido... pelo menos até ao dia que em a EDP decidir cortar a energia, ou até acabar o stock de garrafas de vinho.

Actualmente meu único problema, é conseguir descansar à noite. Já que nestes últimos dias, só sonho com vassouras, piaçabas, escovas... enfim, tudo o que tenha cerdas, a voar diante dos meus olhos. Até tenho a ligeira impressão, que numa das vassouras estava montada a Lina...

Mi aguarde...
O meu ataque vai chegar... só não digo quando.
:-D

João Menéres said...

REMUS

Ouviu falar da Padeira de Aljubarrota, ouviu ?...

E MAIS NÃO DIGO...

ZEKARLOS said...

É sem dúvida um GRAND FINALE. Perfeito graficamente. Muito bom.