Sunday, 19 May 2013

Intervalo Maior...

...onde as sombras crescem raízes.

10 comments:

Anonymous said...

Não faço a menor ideia onde foste buscar estas tábuas !
Que está ao meu género está !
Só não seria capaz de a legendar assim.

E que variedade de cores !

Um beijo do Grifo.

Fábio Martins said...

Well done :)

Anonymous said...

... noutros tempos o intervalo "maior " era o de vinte minutos ... para alguns continua a ser ... no entanto no decorrer da vida há intervalos que se tornam sombras ... por vezes permanentes devido às raízes ... por vezes histórias incrustadas nas madeiras já gastas pelo tempo deixando a descoberto cores de vida alternadas pelo traço profundo das emoções vividas ... e ali por vezes resíduos ainda de um diálogo em tons de morse ... para quem souber ler ...
T

Remus said...

E o seu olho de lince, tinha que encontrar este intervalo maior.
Deve ter um radar fotográfico incorporado na permanente (se não usa permanente... para todos os efeitos, é como usasse!)
:-)

Graficamente irrepreensível.

Margarida Belchior said...

Como será o «intervalo menor»? ... onde achas que o poço encontrar? ... :-)

Beijinhos grds

Kaipiroska said...

ai ai ai ai ai que eu não sei o que é isto mas sei que gosto dessas cores e texturas e muito bem enquadrado o intervalo maior.

Marco C. said...

gosto muito disto!!!

Minimal said...

Me gusta. :-)

Saludos.

Fabricio K. Ramos said...

Teus grafismos são de encher o solhos.

Rute said...

É nesse intervalo maior que tudo pode acontecer, que tudo se pode precipitar...

1 beijinho:)