Sunday, 16 September 2012

Bola de sabão...outra vez

... com recheio de arco-íris...

21 comments:

João Menéres said...

Que forte concorrente ao tema anunciado hoje no Flinpo !!!

Deixas-me sem palavras !
Mas vou concordar inteiramente com o que o REMUS se propuser fazer !
Estás já avisada.

Um beijo com o recheio e os gostos que mais desejares.

chapiniki fotos said...

Preciosa burbuja llena de color.

Felicidades.

Saludos.

Anonymous said...

gosto de bola ... às vezes até com recheio ... ainda me lembro daquelas da E. P. Nuno Goçalves a doze tostões sem creme e a quinze tostões com creme ... sempre me seduziram ... e lá vens tu outra vez ... nessa tentativa de colmatar a "quebra aleivosa da fé prometida" .. desta vez... " de sabão e ... com recheio de arco-íris..."

T

Selena Sartorelo said...

Elemento de grande interesse e importância para ciência, concentração do efêmero.O tempo fugaz da existência.
Reflexos da sujetividade humana. Volume variável, fascinante aparência.
Efeito puro da luz.Atenção rara que o olhar conduz.
Gases de tempo.Significação do momento.
O sentido da felicidade!

Beijos

Selena Sartorelo said...

Compartilhei sua imagem em meu blog e atribui a ela essas palavras que escrevi aqui, como um presente para cumprimentar um amigo.
Caso não permita, avise por favor que retiro imediatamente.

Beijos e obrigada.

Alberto Oliveira said...


Uma bola colorida voando no espaço, recheada com braços e mãos de gente que viaja à descoberta de mundos melhores e mais justos.

Com cromático tão apelativo, esta nunca seria uma bola de berlin "à portuguesa". Essas, a que a ASAE declarou em tempos guerra aberta nas práias lusas. Ou aquelas que também comi em miúdo -- compradas nas pastelarias da Graça. Na Nuno Gonçalves (comentário de Anónimo neste post) que frequentei, a memória dessas bolas já não chega aí.De outras sim, e das fugas aos empregados que não permitiam "futebóis" nos intervalos das aulas.

João Menéres said...

> T <

Como posso ficar indiferente ao seu comentário ?
Devem ter sido tempos felizes, muito felizes, para si !...

Um abraço amigo.

( A L. REIS que me perdoe estas conversas cruzadas...).

Fábio Martins said...

As cores do arco-íris embutidas nessa pequena grande bolha de sabão :)

João Menéres said...

SELENA

O teu comentário das 13:23 h
é "apenasmente" SOBERBO !

Um beijo para ti.

João Menéres said...

ALBERTO OLIVEIRA

Em algumas praias do Algarve ( não as vou citar para não as perder ! ), há bolas de berlim com creme !

No ( ao tempo ) Liceu D. Manuel II, o sr. Reitor Dr. António Guerreiro também proibia que jogássemos futebol. Só andebol...embora houvesse ( e há, ainda ) um magnífico campo, com bancadas e tudo !...
Quando eu estava a acabar o liceu, a proibição foi levantada.

Um abraço.

Selena Sartorelo said...

João!!!

Um elogio assim não passa despercebido a vaidade que meu ego tem. Grata a palavra tão cara e rara.Minha maneira de exacerbar a gratidão. Uma coisa sempre leva a outra,e acredite ou não fui ao Grifo e enxerguei uma bolha em linhas retas. Obrigada ao planador de possibilidades. rsrs

E mais uma vez. Obrigada L.Reis

Remus said...

Mas quem é que anda a brincar com bolinhas de sabão num quarto?
Será que a Lina sabe algo mais que eu ainda não sei? Será as bolinhas de sabão são um afrodisíaco?
Se assim for, dada a quantidade de pessoas no quarto (conto pelo menos 3) é um afrodisíaco dos potentes.
:-P

Muito boa. Até dá vontade de a arrebentar. ;-)

Alberto Oliveira said...


JOÃO MENERES:

É verdade que sim; estive este ano uma semana na Quarteira e lá andava um moço com uma caixa branca (a coberto das mais elementares regras da higiene, assim parecia... ) a vender as ditas cujas.

O que mais me aborrecia por essa altura era a separação por sexos nesses anos de estudo. Aliás, a Nuno Gonçalves era "masculina" e a escola mais próxima "feminina" (A Maria Amália Vaz de Carvalho) ficava um pouco distante para os namoricos de ocasião. (risos). Parece que foi ontem...

Um abraço.

(Lina:
Deixa lá os séniores darem largas à "imaginação.)

abstracto said...

Excelente boas cores e reflecços engracados. Um abraço

João Menéres said...

REMUS

Um, para encher de água o instrumento ( LOL ).
Outro, para ter o sabão sempre à mão.
Outro para "assoprar"...

E a L. REIS, não se auto-fotografa...

Um abraço.

João Menéres said...

ALBERTO DE OLIVEIRA

Embora eu tivesse o Carolina defronte do D.Manuel II,
pescava noutras águas mais distantes...

A mim, parece que foi no outro século ( e FOI ! ).

Ab.

L.Reis said...

Selena: Dispõe...fico contente por teres gostado o bastante para a ofereceres a um amigo! Obrigada pelas tuas palavras!!

João Menéres, António e T : Não acho nada bem virem para aqui falar, despudoradamente, de bolas de berlim...e pronto...fica para aqui uma pessoa cheia de fome e nem uma única bolinha à vista, para comer...é triste!!! :D:D (A minha escola ficava a poucos metros da Nuno...mais um bocadinho e descobríamos que tínhamos andado na mesma turma :) Na Costa tb ainda vendem bolas na praia e na esplanada...imprescindível!!! Aliás eu quando combino uma manhã de praia já nem pergunto: "Vamos à praia?" é sempre : "Vamos à bola?" :):)

Remus: Não pode uma pessoa andar inocentemente a fotografar bolinhas de sabão, com a necessária equipa de produção e aparato logístico, que não seja logo "acusada" de práticas impróprias!! Protesto!!! :D:D

Alberto Oliveira said...


LINA:

Na Costa também ha bolas, é verdade. Um dia destes estava eu muito descansado a observar um grupo de jovens de uma escola de surf a equilibrarem-se nas pranchas quando me desiquilibraram por via de uma bola perdida que me acertou em cheio na cabeça. Porque não sou pessoa de baixos instintos, saquei de uma navalha que trago nos calções para o que der e vier (preparar sandes de atum com tomate, por exemplo)e abri a bola ao meio. Um dos sujeitos que jogavam (possivelmente o que me acertou inadvertidamente?!) questionou-me «Você já viu o que fez à bola?» ao que respondi «Foi para verificar se tinha creme ou era das outras... »

Juro que já não digo mais nada.

António Alberto.

João Menéres said...

Mas querias uma bola de berlim a esta hora ?
As confeitarias que as fazem bem estão fechadas.
Cumprem horários, entendes ?

Um beijo.

Anonymous said...

ai ... ai,ai ... fiquei tentado ... é que ainda existem padarias lá para o jardim Cesário Verde que estão agora a laborar e já haverá prontas a sair ... eu até que estava calmo...
T

Kaipiroska said...

Parece mesmo um arco-íris de cores essa bola de sabão gigante. Andaste a divertir-te estes dias ;)