Thursday, 19 January 2012

Uma história com janelas [A tale with windows]

Queria janelas assim... 
que deixassem entrar as histórias trazidas pelo vento.

12 comments:

João Menéres said...

Fantástico o que tu consegues fazer !

Mas se tiveres as janelas fechadas, como é que o vento te vai levar as histórias ?

Por uma frincha ?
Coitadas das histórias que ficarão todas trilhadas !

Olha lá em cima, à esquerda, os dois olhos do
DESAFIO !...

Que o vento te leve o meu beijo assim colorido.

Margarida Belchior said...

... pois é!!! ... o João tem razão: as janelas estão tão fechadinhas que as histórias não vão conseguir entrar ... :-( ...

... se elas conseguirem entrar, podes desvendar o segredo de como conseguiram passar? ... ;-) ... eu sou um poço sem fundo!! ... :-P

Beijinhos do fundo ... ;-) ...

... do fundo do coração

:-)))

Pedro Alves said...

Muito boa fotografia!
Grande olho, embora imagine que uma parede dessas "salte" à vista!

chapiniki fotos said...

Una fachada preciosa.

Gracias por compartirla.

Un abrazo.

Wim said...

A great way to paint your house: quite daring.
And you made a fine photo of it.

Aksel said...

You have made me interested in finding out what the whole building looks like ;)

Calusarus said...

A very nice find

Rute said...

Muito bem visto...apesar de ser difícil passar e não ver...as cores, as letras criam um bonito efeito...mas o que eu mais queria era mesmo as histórias a entrarem-me pelas janelas adentro...;)

1 beijinho, Lina

Clarice said...

e eu queria, ser eu a dizer estas coisas...:)
e também queria um dia sair para a rua e escrever e pintar assim casas fora...:)

beijo com histórias a esvoaçar:)

João Menéres said...

Aprendi a conduzir num FUSCA, mas nunca tive nenhum...
E, ainda sem carta, vim a conduzir da Caniçada até ao Porto, porque o condutor encartado tinha bebido uns copos a mais. Era de noite e no carro vinham mais três amigas. Tínhamos ido fazer umas regatas a propósito da Inauguração da Barragem...

Um beijo encartado.

Remus said...

Mas as histórias trazidas pelo vento são um perigo. Não sabemos por onde elas andaram e até podem causar graves problemas de saúde.
Na dúvida, acho que é melhor fechar as janelas e vê-las passar lá fora.
;-)

mfc said...

Gostei desta liberdade em contar histórias!
E desta composição surpreendente.