Wednesday, 14 December 2011

Metades

Metade de mim é chão...a outra metade caminho.

19 comments:

João Menéres said...

Agora, andas às metades de mim...

Um beijo arado.

João Menéres said...

...enquanto ,à tua espera, vou comentando além e ali.

João Menéres said...

Olha que este > ALÉM E ALI > saíu bem !

João Menéres said...

Já está com DIREITOS DE AUTOR !

L.Reis said...

O que é que já está, João?

Margarida Belchior said...

... agora deu-te para os números racionais, para as fracções, foi?!?

... para mim são melhores os terços, os quartos, os quintos, os sextos, ... gostos, o que é que queres?!?

:-DDD

Beijinhos pela metade
P.S. - Não faço ideia do seja ... e, desculpa, não me parece que sejam lá grande coisa, mas saiu-me assim.

João Menéres said...
This comment has been removed by the author.
João Menéres said...

ALÉM E ALI já está com ©, L. REIS...

Gosto, que é que queres...

ZEKARLOS said...

Grande contraste, excelente olhar, prova que para fazer uma boa foto basta 1 metro quadrado.

Ps: Obrigado pela força

bjs

ruimnm said...

não é preciso muito para fazer grandes imagens, só saber olhar por onde andamos, mas nem todos os conseguem, são raros os exemplos, como a desta fotógrafa.

píxeles y neuronas said...

Buena composición, testuras y tonos. Un saludo.
Agustín.

Fábio Martins said...

Boa textura amarela capturada!

Chapa said...

A dificuldade de fazer grandes fotos com elementos simples, está na pureza do olhar e na ousadia de arriscar. Acho fantástico como tu reúnes essas qualidades.

Kaipiroska said...

Faço das palavras do Chapa as minhas, tal como disso no comentário da foto anterior. O olhar de quem fotografa faz a diferença.

chapiniki fotos said...

Buena foto, la has visto muy bien.

Enhorabuena.

Saludos.

Clarice said...

Fico mesmo sem palavras para estas tuas poesias...

beijinhos Lina:)

Remus said...

Mal vi a fotografia, lembrei-me logo que essas coisas amarelas poderiam ser fósseis: Fósseis de arco-íris.
:-P :-P

Roberto Machado Alves said...

Uma ótima ideia e super bem captada. O contraste entre as partes ficou excelente, assim como, as texturas diferentes e, ao mesmo tempo, complementares.

Um abraço
Roberto, Rio de Janeiro

mfc said...

Diferentes... artificialmente diferentes!
Ainda assim diferentes!