Saturday, 9 May 2009

Páginas abraçadas [ Embraced pages]



Os livros entrelaçam páginas e desse abraço escapa o sussurro de palavras intocadas pelo tempo

[From the books' embrace, escaped the whisper of words untouched by time]

19 comments:

João Menéres said...

E eu ainda não tinha visto esta tua imagem !...

Ginnie said...

I call that an "eternalized moment," Lina!

Clarice said...

Adorei!

Michael Rawluk said...

That is a very cool idea. Nicely done.

©tossan said...

Os livros entrelaçam páginas e desse abraço escapa o sussurro de palavras intocadas pelo tempo...isso mais a tua foto = a pura poesia! Beijo

Yanneck said...

Lindos contrastes...excelente excelente excelente

Fabrice said...

Interesting composition ! Beautiful taken.

JMV said...

Bom jogo com as texturas.


um beijinho

flo g said...

mélange de textures tres interessants

Nuno de Sousa said...

Mais um belo registo, uma foto bem pensada, gosto das cores.
Abraço,
Nuno

Caçador said...

Mil folhas, há que tempos que não como um, com o creme amarelo a escorrer dos lados e a sujar os dedos, como as palavras nos livros. Hoje é tarde mas amanhã vou comer um.
Beijo.

the donG said...

i really wonder if you intentionally did this or just saw it and took a shot? nice. nice.

Teresa Durães said...

uma foto com um lindo padrão. gostei das palavras que a acompanharam

Andrea said...

It's always a good sensation to read something like this.
Deep meaning in few beautiful words.
And the picture is really stunning for composition and lighting.

Calusarus said...

Beautiful composition. I like it a lot

Still said...

I like a lot all your game with books and papers. This one and theprevious are just splendid!

Sandra Rocha said...

Adorei este abraço :)
Fantástica imagem.
Beijokas.

Remus said...

Ideia muito original e que fotograficamente e graficamente resultou muito bem.
Fotografias deste tipo só podiam ser da L.Reis!

Anonymous said...

Encontro depois de muito tempo de desencontro ,ele ficou mais velho ..desalinhado ... até deixou crescer a barba ... mas não resistiu quando a viu de novo ... abraçou-a ...espantado por ela ainda ter aquele vestido branco que a fazia tão menina ... e sussurou-lhe as velhas sílabas que ela tão bem conhecia ...
T