Saturday, 28 March 2009

Tudo o que restou [All that's left]






O tempo passa com fúria
No seu rasto desenham-se os depojos do seu sopro

14 comments:

Chapa said...

Tanto desperdício, transformar o velho em inútil.

João Menéres said...

Elogiar esta imagem?
Bom, pronto, levei mais uma surpresa!
É engraçado, como nalgumas das tuas imagens, antes do cérebro ter tempo para reflectir, já os olhos tinham mandado uma SMS : Oh, cérebro, vai chegar aí uma imagem para registar !!!
E, agora, recebida a mensagem, já posso tranquilamente admirá-la.
Até me apetece dizer que o tempo passou de feição para ti. Os despojos deixados são mistérios ou cartas de desamor?
É que em três gavetas nem o papel ficou..., noutra uma letra se escapou arrastando-se à procura de algo que nem ela sabe. Noutra, é uma bailarina em pontas...
Um conjunto fantástico, digo-te.

Beijos soprados.

Selena Sartorelo said...

Lembrei-me da janela que abrí,dos dedos que nela prendi.
Lembrei-me da que fechei,e por ela lastimei.
Lembrei da que rangia suas folhas com o vento, lembrando uma
sinfonia.
Lembrei-me de muitas...mas essa eu não conhecia.
Um olhar de vida sofrida
Uma janela fechada
Muitas vidraças quebradas.

Olá, perdoe-me a ousadia em escrever para tua arte, mas gosto muito do olhar que registra.

abraços,
Selena

João Menéres said...

L.REIS

Parabéns !
A SELENA brindou-te com uma linda poesia.
Muito bem elaborada para esta tua imagem.
Disse tudo aquilo que eu não consegui !

Um beijo para cada uma.

Selena Sartorelo said...

Olá João,

Obrigada, mas os nossos comentários foram muito bem inspirados não é mesmo?

beijos prá vocês também.

Selena Sartorelo said...

Olá João, Obrigada. Mas sei que concordará comigo. Nossos comentários tiveram um linda fonte de inspiração, não é mesmo?

beijos,
Selena

Sidney said...

A window with a history to tell...

mingo said...

Excelente fotografia, has conseguido unas maravillosas texturas. Saludos!

Sérgio Aires said...

É uma daquelas fotos que nos deixa assim... a pensar, a querer saber mais, a tentar apropriar-nos do tempo e do espaço alheios. Muito bonita.

harry said...

An interesting shot of this deteriorating window. An intersting shade of yellow.

inpressionaluz said...

belas palavras associadas a mais uma bela imagem...

~pi said...

olho-de-vidro,




~

Anonymous said...

Olho para o que resta da Sra. Janela ... ainda bela ...misteriosa... e algo me diz que com carinho e tempo ... tentando ser um pouco de vidraceiro , carpinteiro e pintor ... ela tornaria aos seu velhos tempos ... em que me espelhava a alma ...
T

Micha said...

adoro seu mundo e as narrativas que vai criando. Esta 'e uma foto que eu gostaria de ter feito, assim como tantas outras que aqui encontro. Parabens pela sensibilidade&ironia.