Tuesday, 21 September 2021

A linguagem das marés


 Será que alguém consegue ler o recado deixado pelos peixes?

10 comments:

Ana Lúcia said...

Certamente as sardinhas estão a cantar, com as suas vozes de canário, uma melodia à Sereia Ariel. Os caranguejos tocam tambor e as alforrecas fazem língua gestual com as suas saias diáfanas. Por último os golfinhos equilibram conchas e lançam-nas à água.
Parece que há festa no Reino de Neptuno.

Quanto à fotografia, vou daqui vermelha de inveja, a perguntar-me como é isto possível a Lina até já recebe cartas dos peixes em papel vermelho paixão.

Manu said...

Ainda não consigo decifrar a linguagem dos peixes.
Vejo o ondular das águas e presumo que há muitos segredos por aqui.
Os tons encantaram-me. Gosto muito de vermelho.

Rasuras do Aparo said...

... não decifro qualquer recado ... unicamente reflexos de beleza ...

joaquín said...

Claramente se trata de un mensaje musical y muy armónico

L.Reis said...

Já percebi que a Ana Lúcia domina a linguagem dos peixes...pois claro. Outra coisa não seria de esperar de alguém com ascendência élfica.

O Joaquin também arranha umas coisas.

Já a Manu e o Rasuras dá para perceber que ainda andam a estudar e que este alfabeto ainda não está dominado :)

Ildefonso Robledo said...

Bellisima imagen... Parece un cuadro surrealista, con esas manchas azules...
Precioso

Remus said...

Claro que sei ler. Mas não vou estar aqui a dizer o que diz, por uma questão de privacidade dos peixes. Ao contrário da Ana Lúcia, que apregoa tudo aos sete ventos, eu respeito e preso a privacidade dos peixes e das peixas. Mensagens de amor só dizem respeito aos intervenientes.

Mas isto de andar a poluir as águas com "queres te chupe", só para tentar descobrir o que as mensagens dos peixes dizem e para criar este grafismo espectacular, diria que é um golpe baixo. Muito baixo.
Mas vindo da L.Reis já sabemos que tudo é possível. Ela tem as costas quentes. Segundo sei, veste camisolas e casacos muito quentinhos.

L.Reis said...

Gracias Ildefonso!

A poluir as águas??? Eu???! Pois fique sabendo que tomo sempre banhinho antes de ir à praia, ora essa!

João Menéres said...

Onde estava eu com a cabeça no dia 21 que não vi esta extraordinária "pintura" ???

Ana Freire said...

Será porque eles escrevem ao contrário?...
A mim, apetecer-me-ia ver este mar vermelho, revirado!...
Estão uma maravilha estes reflexos! Beijinhos
Ana