Friday, 28 May 2021

O mineiro de cores





 

9 comments:

João Menéres said...

Excelente interpretação do trabalhador que arranca moedas ( que representam as notas de várias cores ) com o suor do seu trabalho e empenho !
Continuo a espantar-me com a tua criatividade, Lina !

😍😍😍

Ana Lúcia said...

O Arlo mergulhou na vida, seguindo os seus sonhos e a sua vida virou cor e alegria!!! Adoro os sonhos do teu Arlo.

Troland54 said...

Wonderful Couleurs!

Manu said...

Doravante os mineiros não precisam de procurar minérios, certamente ao verem esta foto vão procurar cores e a vida vai ser bem mais alegre. Adeus pessoal enfarruscafo.
A tua criatividade não tem limites😊

joaquín said...

¡Viva el color!

Rasuras do Aparo said...

... prisioneiro da sua própria mineração ...

Remus said...

A L.Reis é uma destruidora compulsiva.
E isso está mais que documentado e provado!
São raras as fotografias de estúdio, que não sejam de algo que foi cortado, rasgado, partido, furado, triturado... e um não sei o quê de outras atrocidades. E então, quando o assunto é papel... É RIP! Ele não tem salvação possível. Vai ser torturado.

E com isto tudo, depois quem acaba torturado somos nós, os que vemos os resultados.
Tem dias (muitos dias) que eu gostava de ser mosca. É que voava até Lisboa (ia dentro de um avião da TAP é claro!), entrava em casa L.Reis e dava-lhe quatro chapadas bem dadas. E depois vinha todo contente para o norte, com a minha missão comprida.

alfonso said...


·.
Você aproveita muito bem os elementos e adiciona uma boa dose de imaginação. Não admira que suas fotos sejam tão boas.
Você merece um bom 'bife' embora eu prefira um bacalhau ao Bras Portel.
·Um abraço Lina·


LaMiradaAusente · & · CristalRasgado

Ana Freire said...

Há trabalhos muito duros!... :-))
Mais uma vez, imaginação sem limites!
Gostei imenso de ambas as duas!... :-D Noutro dia, decido-me sobre qual gosto mais...
Beijinhos
Ana