Saturday, 1 December 2007

Cores marinheiras [Sailing colours]

À beira de coisa nenhuma
Atam-se nós 
Sobre o tecido do mar.

18 comments:

Yanneck said...

E se a coisa nenhuma for um RIO
de correntes incertas
cá e lá, aquém e além beira?
Sim, um RIO ficaria bem
cego de tantos nós...

vera said...

does he jump ?? :-((((

Sidney said...

Ah, the sea... makes me dream!

Ginnie said...

There are only certain places where you can see the sea this color(s), Lina. It's like a different universe to me!

Anonymous said...

A cor da água é fantástica, parece de uma ilha tropical.

P.s- agora não sei preencher aqueles campos ali em baixo... :(

badala - Arco Íris Reloaded

Luis Benzo said...

Tu visión e imaginación fotográfica, no tiene limites, ni nudos que la retenga.

donwiley2@gmail.com said...

I like the nautical feel of these ropes (lines?). Nicely arranged in the frame too.

un dress said...

atam-se as águas.

à navegação...





beijO

james said...

O mar parece sempre diferente, cada dia, cada hora, cada olhar...

Parece a gente, né?

Linda imagem.


Um abraço.

Remus Sumer said...

E no final desta fotografia, sempre saltaste para a água ou não saltaste? Essa é que é a resposta importante.
:)
Bom enquadramento e composição.
Penso que em preto e branco, ainda ficaria melhor.

Ruela said...

uma última tentativa de levar o mar para casa...também não admira nada...é tão lindo...que cores ;)

legivel said...

... desta vez não "o" vi passar por mim. Pelos vistos apanhou uma boleia de carro...

O texto é tão poético que na sua leitura se sente a brisa marinha.

Aksel said...

Nice colours....can't decide wether or not I would make those two objects in the water disapear....and at the same time they are adding colour.....

Aksel

Anonymous said...

Nós atados à beira-mar raramente se desatam ...permanecem ...
T

Al said...

... Y nos atamos a las cosas mas sencillas...

roland said...

Perfectly done there too Lina

Osselin said...

Totalmente Reis.

Anonymous said...

...dissolver o desejo, ferindo o silêncio